102 Comunica de olho no futuro

161 102 FM

SERVIÇO: 102 procura atender o Circuito das Águas, que exige muita informação e atualização.

Gustavo Douglas

Na região bragantina, na cidade de Bragança Paulista, a rádio 102 FM, está bem ativa. Com 26 anos é uma rádio que possui uma programação diversificada, e tem como missão agregar o maior número de ouvintes nas várias faixas etária. A 102 oferece notícia diária mundial e regional, incluindo informações, músicas no ritmo de rock leve/clássico, romantismo, funk, pagode e sertanejo.

Na manhã, das 6 horas às 12hs os locutores focam a informação para o público ouvinte —assunto regional, nacional e internacional—, exibindo em seguida músicas nos demais horários, com predominância do estilo sertanejo, um dos gêneros mais ouvidos, segundo a jornalista Laís Oliveira.

Estas certezas baseiam-se em pesquisas que foram realizadas, sobre quem “ouve rádio durante a manhã”. Os números indicam que os ouvintes residem em zonas rurais, buscam seu pão de cada dia  —a exemplo dos caminhoneiros— e têm preferência pela moda de viola durante este período. No período da tarde, das 12 horas às 13hs, a 102 apresentada o “Rádio Notícia”, um programa que tem como missão informar aos ouvintes sobre Bragança Paulista, Circuito das Águas, Circuito das Frutas, além da Serra Mantiqueira e sua intensa programação.

Das 13 horas às 16hs, são apresentados músicas variadas, retomando as  notícias regadas a músicas, até as 18hs. Depois disso vem os “esportes”. Depois da programação governamental “Voz do Brasil”, voltam o entretenimento e a diversão, fechando a noite com os melhores sucessos do Flash Back . A programação é toda regrada com boletins informativos que passa de hora em hora, tratando notícias do momento ou atualidade.

www.atibaianews.com.br

NO AR: emissora também aposta nas redes sociais

Na manhã, pelo fato dos ouvintes estarem mais dispersos, dispostos, e ativos ouvem com maior frequencia a rádio, levando  à liderança o Programa Manhã Total, que é apresentado por Cláudio Moreno e Éberson Martins. Este é realizado das 8 às 11hs da manhã.

Segundo informações de Ricardo Oliveira, 50, coordenador de programação, a emissora não passou por dificuldades, o que explica sua posição atual. A 102, segundo ele, exige. sim muita dedicação dos contribuintes, residindo uma preocupação — as rádios-pirata criadas na clandestinidade e que provocam interferência na emissão de sinais da emissora.

Na entrevista o coordenador também falou que a emissora não se relaciona com a política local nem a regional, pois ela vê como compromisso da rádio informar e noticiar os fatos. Além disso informa que a 102 FM, assim como as outras emissoras brasileiras, esperam a definição do Governo relacionado a implantação Sistema Digital de Rádio.

O Ministério das Comunicações está testando e avaliando sistemas de rádio digital, atualmente abriu uma chamada pública para envio de avaliações dos sistemas existentes. Teste realizado com sistemas americano e europeu que irão definir a melhor proposta com a realidade brasileira. Para estar realizando a pesquisa foi obtidas informações com o auxílio da Jornalista Laís Oliveira, 25, que para chegar ao cargo que exerce atualmente teve de se dedicar aos estudos, e não vê formação acadêmica como dificuldade.