Impressões

Os repórteres do Curso de Jornalismo da FAAT, cada um ao seu modo, ficaram impressionados com esta experiência de campo, exigindo de cada um desenvoltura, análise, compreensão e interpretação deste fenômeno “feira”. Não bastou estar lá, mas mergulhar na vida e no cotidiano das pessoas, dos feirantes  dos consumidores. Eles expõem abaixo o que sentiram desta experiência.

Lucas Valério … Lucas

“O trabalho sobre a feira livre fez com que eu obtivesse um conhecimento  maior sobre as feiras. Além disso o trabalho em grupo mostrou a colaboração da equipe na hora da experiência de campo”

… Marcelo Rachid

“Apesar de ser uma realidade não vivenciada por mim, com extensa pesquisa e convivência foi possível perceber que muitas pessoas dependem da feira para obter seu sustento.  Mais que isso, estabelece e consolida uma relação social baseada em vínculos diferentes. Isso, penso, não seria possível em outras condições”

                                                                                                                     Larissa Godoy …

“Aprendi muito nas duas semanas de apuração e realização das matérias sobre a feira. Precisei abordar as pessoas, fotografá-las e usar o pouco tempo disponível e o deadline a seu favor. Para mim,  construir o perfil dos entrevistados e conhecer mais detalhes sobre as etapas de produção de um jornal foram o ponto alto desse trabalho”

… Emily Caroline

 “Gostei bastante de ir à feira e fazer o trabalho lá. Fui em dois sábados: 2 e 9 de novembro. Fazia tempo que não ia à feira, então foi bem reconfortante. Este foi meu primeiro ‘trabalho de campo’ e realmente foi uma experiência válida e proveitosa. Vi e senti que posso e devo melhorar em muitos aspectos, mas não sou tão ruim assim como jornalista.”

                                                                                                                      Guto Piercing …

“Parece besteira, mas há muito tempo não ia à feira. GutoVer pessoas, sentir cheiros diferentes, descobrir histórias de pessoas que por certo não mais veremos —ou quem sabe simplesmente serão esquecidas— , certamente marcará nossa mente. Acordar cedo e seguir a rotina dos feirantes é para os poucos e os fortes. … E aproveitar os benefícios de uma feira-livre com produtos frescos e um ambiente agradável, inimaginavelmente silencioso, ah … isso é compensador. A importância da feira perdura por milênios, e espero um dia poder levar adiante este saudável costume aos meus filhos e netos”

Evelyn Teixeira …

evelyn“O trabalho na feira de Alvinópolis foi essencial para desenvolvermos algumas das principais características de um bom jornalista: a curiosidade, a sensibilidade e a capacidade de ouvir. É incrível como uma simples conversa com alguém pode evoluir para uma história única. Sem dúvidas, este nosso primeiro trabalho de campo serviu para dar ainda mais certeza de que o Jornalismo é uma das profissões mais humanas e bonitas que existe. Não há sensação melhor do que a de descobrir ter feito a escolha profissional certa. Acho que estou no caminho certo!”

                                                                                                    …  André de Oliveira Pinto

“A experiência com o trabalho na feira foi fundamental para meu aNDRE PINTO-2crescimento. Pude compreender melhor a responsabilidade e a importância de nosso trabalho como jornalistas. Existem muitas dificuldades, mas o prazer de ver o projeto pronto e as pessoas adquirindo conhecimento com nosso trabalho traz a sensação de missão cumprida”

Jéssica …

Jessica“Esse trabalho em campo foi uma ótima experiência! Sair da rotina do trabalho e faculdade para aproveitar essa abordagem ao ar livre deixou-me empolgada e muito mais motivada a concluir o curso de jornalismo”

                                                                                                                       … Livia Magrini

“Só posso dizer que tudo valeu muito a pena. Minha entrevista, minha primeira entrevista foi com uma senhora que me ensinou tanta coisa em poucos minutos de conversa!. Amei ver a cooperação e disponibilidade de cada um para que isso desse certo”

Leia mais

 

Anúncios

Comente este post ...

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s