Congadas estão preservadas

Expressões-congada-cultura na Rua-1

Atibaia: única cidade com grupos tradicionais há mais de 200 anos

Rogério Vincenzi

A Congada é uma tradição afro-religiosa que sobrevive em Atibaia. Isso, graças aos negros corajosos que valorizam seu passado e o sofrimento pelo qual passaram. A revivescência desta memória conta com pessoas como Marcio Mariano de 56 anos, funcionário público municipal, e mestre na congada Rosa de Atibaia. Descendente de família de congadeiros, foi iniciado desde os sete anos juntamente com o irmão Lindomar Mendes Mariano. Ambos sempre foram incentivados pelo pai, Gonçalo Mariano, violeiro respeitado e conhecido como uns dos primeiros reis do congo da região.

Tal como Mariano, que recebeu do pai a relíquia deste Congo —a espada que pertenceu a Dom Pedro II na Segunda Guerra mundial— os demais grupos também valorizam muito esta festividade.Segundo a Comissão Paulista de Folclore, filiada à Unesco, Atibaia é a única cidade do Estado a manter grupos tradicionais há mais de 200 anos. Atualmente são quatro os ternos de Congos em atividade em Atibaia: Terno Verde (Centro da cidade), Terno Rosa (Bairro do Alvinópolis), Terno Azul (Morro Grande) e Terno Vermelho (Bairro do Portão).

Por meio de um bailado guerreiro, de caráter religioso, que representa a luta entre o bem e o mal (cristãos e infiéis), a Congada constituí-se de cortejos com danças coletivas, que representam ou não um auto. Cada grupo de Congada denomina-se” Terno” e é caracterizado pela cor da farda.  Segundo a responsável pela direção do Museu Municipal João Batista Conti de Atibaia Lilian Vogel, os cinco ternos que constituem o Congo somam mais de 200 pessoas. A festa acontece  no aniversário da cidade, 24 de junho, bem como em dezembro e em janeiro, com apresentações em frente à Igreja da Matriz, Igreja Nossa Senhora do Rosário e no Santo Cruzeiro.

Congada na cidade

Quando saem em  Atibaia as congadas fazem questão de mostrar o que sabem e preservam.  A congada Verde está sob responsabilidade do Sr. Amaro Moreto e sua esposa Dona Maria de Lourdes moradores antigos do centro da cidade, próximo a capela da Nossa Senhora.

A congada Vermelha se localiza no bairro do Portão, onde vivem quase todos seus integrantes. Este grupo não usa espadas de ferro para coreografia, mas sim um “porrete” —pedaço de madeira fina e comprida pintada de azul e branco—, e a maioria dos integrantes são formados por mulheres.

A congada azul fica na divisa entre Bragança Paulista e Atibaia e atualmente a maioria dos participantes se localizam em Bragança Paulista.

Já a congada Branca é a única que ficou a mais de vinte anos sem atividades pelo falecimento da maioria dos participantes e a não integração de crianças e mulheres. Ela voltou em 2001 e vem crescendo gradativamente.

 

Um retrato

A congada Rosa está sobre o domínio do Senhor Marcio Mariano e sua esposa, que é responsável pela fabricação de uniformes dos integrantes. A maioria deles é devota de São Gonçalo. Mariano descende de congadeiros e está desde os sete anos. Ao lado do irmão Lindomar Mendes Mariano, foram incentivados pelo pai Gonçalo Mariano, considerado um dos melhores violeiros destes festejos.

Marcio Mariano, abalado com a morte do seu irmão também perdeu seus pai de 75 anos, tendo ele deixado a relíquia deste congo, uma espada tida como de Dom Pedro II. Na festa, Marcio lidera a congada Rosa com danças e demonstrações em todo o Brasil. O grupo é composto em média por 60 pessoas, sendo o mais velho Sr. Agostinho de 78  e Amaral de 68 anos, violeiros que fazem questão de acentuar as lembranças das culturas passadas.


 Congos —manifestação folclórico-religiosa trazida pelos escravos— dividem-se em  cinco ternos: vermelho, verde, azul, rosa e branco

Festa acontece todo ano, infalivelmente durante a ocasião do Natal, alegrando a todos, sejam congos ou o público que os assistem.


+Humanos … +Lugares … +Expressões …

Anúncios

Comente este post ...

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s