Sons do Bon Odori

Grupo pretende acentuar o resgate do Bon Odori na região

Grupo pretende acentuar o resgate do Bon Odori na região

Debora Souza

A ideia de que os jovens atualmente pensam mais em se divertir do que em ter responsabilidade definitivamente não se encaixa quando o assunto  é o Bon Odori de Atibaia. Uma visita à sede destes festeiros em uma manhã de domingo mostra um retrato bem diferente: muitos estão local —próximo ao aeroporto— para ensaiar antes mesmo de abrir as portas da Associação Recreativa Fukushima Kenjin de Atibaia.

A associação, que abriga este grupo de jovens  (Seinembu) nasceu em 1966 por imigrantes japoneses da província que lhe dá nome.  Atualmente, o grupo conta com integrantes descendentes e não-descendentes de japoneses, e estes possuem idade entre 15 a 30 anos —com possibilidade de permanecer após  esta idade.

O ânimo e o interesse nos ensaios são evidentes, demonstrado na recepção e nos cumprimentos. Alguns dos reponsáveis por este clima são Giuliano Pieve, que comanda o grupo, ao lado de Marco Suzuki. Uma tradicão de seu avô, com quem aprendeu a tocar os instrumentos-kotaikô, oodaikô, e a flauta yokobue.

Na realidade, sua história pessoal de Marco se mistura com a sua trajetória no Bom Odori, por conta de seu tempo de permanência ou seja, 24 anos. Seu avô, Shigueiru Suzuki, é dos fundadores e passou a tradição para os netos. Ele ia às apresentações e depois iniciou os ensaios. Seus familiares, um a um saíram e hoje, só ele continua. “É algo que vou levar para a vida toda. Se eu não continuar, quem irá? É uma grande responsabilidade”, afirma.

Tudo isso por certo corresponde ao interesse de resgate e a responsabilidade de todos na manutenção desta rara atividade musical de origem japonesa. Para estarem afinados —integrantes e instrumentos— eles realizam os ensaios, sempre são aos domingos, das 10h às 13h.


Os sons e as danças do Bon Odori traduzem

parcela da identidade nipônica no Brasil, evidenciando

uma beleza peculiar e uma expressiva responsabilidade e respeito às tradições


+Humanos … +Lugares … +Expressões …

Comente este post ...

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s