​Produção do bolo de pote cresce em Atibaia

Empreendedores apostam no ramo alimentício e consumidores aprovam novidades
bolo-de-pote-1-shulz

Estudante Monise compra bolo de pote em cantina na FAAT. Foto: Shulz

Monika Schulz

O bolo de pote se tornou a nova tendência do mercado alimentício, após empreendedores defenderem a atividade pelo seu baixo nível de investimento e pela geração de lucros a partir do atendimento correto da demanda crescente e da elaboração de um planejamento básico. Com a crise econômica, profissionais da área aumentaram as opções de produtos e atibaianos procuraram a produção do bolo de pote como alternativa na geração de renda.

Diante disso, boleiros investem na produção e apostam na diversificação dos sabores, com recheios de marcas famosas de leite em pó, creme de avelã, achocolatados crocantes e biscoitos de wafer com chocolate. É o caso da Dalva Cristina, 42 anos, que há um ano optou pela produção do bolo de pote e está de olho nas novidades do mercado alimentício. “Vi um anúncio na rede social, fui pesquisar e comecei a fazer” acentua Dalva, que lucra em média R$ 300 por mês somente com este produto.

E a lista de opções ampliou-se, pois agora ela também oferece outros produtos, como trufas, cones, docinhos e bolos de festa. Para essa demanda, que envolve outras duas revendedoras, Dalva também conta com a ajuda da filha e já pensam em projetos futuros. “Vou trazer uma outra novidade na área dos bolos para Atibaia, pois futuramente pretendo ter a minha loja de doces”, concluiu.

A tendência do bolo de pote é continuar presente por mais um ano, incluindo o verão  e os sabores mais procurados, como pêssego e abacaxi, afirmou Gil Braz Guimarães Junior, culinarista e docente na área de alimentação. “Muitas pessoas estão procurando cursos de bolo de pote, pois as aulas são curtas e os bolos consideravelmente fáceis de se fazer”, destaca Júnior, que ministrou pelo  menos cinco cursos em Atibaia.

A estudante de psicologia, Gabriele Alexandrino aprovou a variedade de sabores e revelou que considera o bolo de pote uma ótima opção, porque além de ser prático, traz o recheio na medida certa. “Gosto muito de bolo de pote e consigo encontrar o meu sabor preferido — leite em pó com brigadeiro—, na faculdade onde estudo”, declarou Gabriele.


Anúncios

Estão abertas as inscrições para vários cursos profissionalizantes

Por Natália Pellicciaro

Bragança Paulista está com inscrições abertas para vários cursos profissionalizantes, provenientes de parcerias entre a Prefeitura Municipal e instituições como SENAI, SENAC, Centro Paula Souza, Sindicatos e Governo Estadual.

Os cursos oferecidos no Centro de Capacitação e Treinamento em Agronegócios, localizado no Parque Dr. Fernando Costa, mais conhecido como Posto de Monta, são resultados da parceria com o Sindicato Rural de Bragança Paulista/Serviço Nacional de Aprendizagem Rural – Senar/SP.

Todos os cursos são gratuitos e certificados, dentre eles:

– Iniciação em Jardinagem
– Elétrica Básica
– Tratador de Piscina
– Hidráulica Básica
– Bovinocultura de Leite: Aplicação de medicamentos e vacinas
– Casqueamento e Inseminação Artificial
– Equideocultura: Doma racional, rédeas e montaria
– Fruticultura básica: Instalação da lavoura
– Fruticultura básica: Manejo, tratos culturais e colheita
– Piscicultura com cultivo em tanque rede
– Olericultura básica com cultivo em ambiente protegido

“Ainda estão à disposição cursos de Promoção Social de Processamento da carne suína, carne bovina, artesanal do leite, de frutas e noções de viola caipira”, informou Nelson Nardy, Secretário Municipal de Agronegócios.

Informações sobre inscrições, locais e horários podem ser obtidas pelos telefones 4035-1971, 4035-7670 e 4035-7691.

Já no Posto de Atendimento ao Trabalhador (PAT), situado na Rua José Guilherme, 432, centro da cidade, são oferecidos os cursos de:

-Técnicas em Vendas
-Serviços de Almoxarifado
-Recepção e Atendimento
-Cuidador de Idosos
-Ajustamento Mecânico
-Auxiliar de Cozinha

Há 30 vagas por turma, e tem prioridade pessoas desempregadas, sendo que o aluno receberá uma Bolsa Auxílio no valor de 210 reais mais 120 de Auxílio Transporte. Os locais e horários serão divulgados posteriormente. Os candidatos devem ter acima dos 16 anos e efetuar a inscrição no PAT, mais informações pelo telefone (11) 4033-1356.

E não parou por aí, no Fundo Social de Solidariedade acontecem mais modalidades:

– Costureira de Máquina Reta e Overloque
– Modelista de Roupas
– Mecânico de Máquina Reta e Overloque
– Confeiteiro
– Assistente Administrativo com Informática Básica
– Pintor de Obras

Os candidatos devem ter acima dos 16 anos e efetuar a inscrição no Centro de Treinamento do SENAI, situado na Avenida dos Imigrantes, 4400 – Jardim São Lourenço. Informações pelo telefone (11) 4035-5422 ou 4034-4144.