102 Comunica de olho no futuro

161 102 FM

SERVIÇO: 102 procura atender o Circuito das Águas, que exige muita informação e atualização.

Gustavo Douglas

Na região bragantina, na cidade de Bragança Paulista, a rádio 102 FM, está bem ativa. Com 26 anos é uma rádio que possui uma programação diversificada, e tem como missão agregar o maior número de ouvintes nas várias faixas etária. A 102 oferece notícia diária mundial e regional, incluindo informações, músicas no ritmo de rock leve/clássico, romantismo, funk, pagode e sertanejo.

Na manhã, das 6 horas às 12hs os locutores focam a informação para o público ouvinte —assunto regional, nacional e internacional—, exibindo em seguida músicas nos demais horários, com predominância do estilo sertanejo, um dos gêneros mais ouvidos, segundo a jornalista Laís Oliveira.

Estas certezas baseiam-se em pesquisas que foram realizadas, sobre quem “ouve rádio durante a manhã”. Os números indicam que os ouvintes residem em zonas rurais, buscam seu pão de cada dia  —a exemplo dos caminhoneiros— e têm preferência pela moda de viola durante este período. No período da tarde, das 12 horas às 13hs, a 102 apresentada o “Rádio Notícia”, um programa que tem como missão informar aos ouvintes sobre Bragança Paulista, Circuito das Águas, Circuito das Frutas, além da Serra Mantiqueira e sua intensa programação.

Das 13 horas às 16hs, são apresentados músicas variadas, retomando as  notícias regadas a músicas, até as 18hs. Depois disso vem os “esportes”. Depois da programação governamental “Voz do Brasil”, voltam o entretenimento e a diversão, fechando a noite com os melhores sucessos do Flash Back . A programação é toda regrada com boletins informativos que passa de hora em hora, tratando notícias do momento ou atualidade.

www.atibaianews.com.br

NO AR: emissora também aposta nas redes sociais

Na manhã, pelo fato dos ouvintes estarem mais dispersos, dispostos, e ativos ouvem com maior frequencia a rádio, levando  à liderança o Programa Manhã Total, que é apresentado por Cláudio Moreno e Éberson Martins. Este é realizado das 8 às 11hs da manhã.

Segundo informações de Ricardo Oliveira, 50, coordenador de programação, a emissora não passou por dificuldades, o que explica sua posição atual. A 102, segundo ele, exige. sim muita dedicação dos contribuintes, residindo uma preocupação — as rádios-pirata criadas na clandestinidade e que provocam interferência na emissão de sinais da emissora.

Na entrevista o coordenador também falou que a emissora não se relaciona com a política local nem a regional, pois ela vê como compromisso da rádio informar e noticiar os fatos. Além disso informa que a 102 FM, assim como as outras emissoras brasileiras, esperam a definição do Governo relacionado a implantação Sistema Digital de Rádio.

O Ministério das Comunicações está testando e avaliando sistemas de rádio digital, atualmente abriu uma chamada pública para envio de avaliações dos sistemas existentes. Teste realizado com sistemas americano e europeu que irão definir a melhor proposta com a realidade brasileira. Para estar realizando a pesquisa foi obtidas informações com o auxílio da Jornalista Laís Oliveira, 25, que para chegar ao cargo que exerce atualmente teve de se dedicar aos estudos, e não vê formação acadêmica como dificuldade.

De olho na mídia Bragantina

Repórter e pesquisador, incansáveis registradores do cotidiano (ilustração FIC-UFG)

A partir deste mês de abril, os estudantes de Jornalismo da FAAT, iníciam um levantamento da mídia Bragantina. O objetivo é classificá-la, averiguar os meios existentes, resgatar parcelas da história de cada um, bem como averiguar a estrutura que possuem, possíveis projetos e mesmo previsão de investimento e crescimento.

Esta ação de sistematização da mídia local adota a prática jornalística de pesquisa, entrevistas, ida a campo, registro, análise de dados possíveis, material que será publicado neste espaço em várias etapas do projeto denominado “Levantamento da Mídia Bragantina”.

Os veículos eleitos e assumidos pelos repórteres são:  TV Joanópolis, Piracaia Hoje-Online, TV Altiora, Jornal O Atibaiense, Rádio Bragança AM, Jornal Bragança Diário BJD, Atibaia TV, TV Mantiqueira, Radio Imaculada, Jornal Piracaia Hoje, Gazeta Bragantina, O Caminho-Bragança, Cachoeira FM-Piracaia,  Atibaia Hoje,  102 FM-Bragança,  e Atibaia News. A coordenação do Projeto e os estudantes tem a expectativa de que os dados sirvam de base para o público de um modo geral, e particularmente mostre as portas para a inserção no mercado. Além disso, apostam na contribuição de todos por meio dos comentários.

Os repórteres envolvidos neste levantamento —muitos já atuando na região—são: Beatriz Medeiros Oliveira, Caroline Soares, Gabriela Pinhal de Araujo, Lucas Gabriel Santiago Rangel, Sergio Fagundes de Souza, Carla Mariele de Oliveira Fagundes, Darcilene Vieira Santos, Jaqueline Mitiko Kondo, Juliana Claudia Binatti, Rogerio de Moraes Pires Vicenzi, Thyago Arthur Higgins Domingues, Carlos Augusto Berti, Diego José Lopes, Eduardo Bonholo Ferreira da Silva, Gustavo Douglas de Oliveira, Katarina Berttola Brandi