Alunos de Jornalismo participam de bate-papo com Mylton Severiano

Mylton Severiano conversa com os alunos de Jornalismo da FAAT Faculdades

Mylton Severiano conversa com os alunos de Jornalismo da FAAT Faculdades

Cristiane Lustosa e Karen Sarraf

Na quinta-feira, 23, os alunos de Jornalismo da FAAT Faculdades receberam Mylton Severiano para um bate papo sobre sua trajetória. A iniciativa de trazer o jornalista até a instuição partiu dos alunos do terceiro ano, Dárcie Visan, Lucas Rangel e Rogério Vincenzi, que estão realizando uma pesquisa sobre a revista Realidade.

O jornalista que já passou pelas mais importantes empresas de comunicação do Brasil, como Abril, Globo e Cultura, conta que descobriu sua vocação para jornalista graças a um amigo, que arranjou um trabalho na redação Folha. “Quando vi aquele frenezi, todo mundo batendo na máquina porque era hora do fechamento, pensei que era aquilo o que eu queria”, conta.

Mylton, conhecido como “Myltainho” falou sobre o período da ditadura, as dificuldades encontradas pelos jornalistas para produzir algo numa época em que o povo não tinha voz, contou fatos interessantes de sua carreira e sua trajetória na revista Realidade, esta inclusive é o tema de seu livro, lançado recentemente pela Editora Insular. “Realidade: A História da Revista que Virou Lenda”, conta os fatos mais importantes e curiosos da publicação.

O final do bate-papo foi marcado pela entrega de um presente em sinal de agradecimento pela sua ida até a instituição,encerrando o encontro agradável e importante para todos os presentes, principalmente para os alunos que puderam compartilhar do conhecimento de um grande nome do jornalismo nacional.

Mylton recebe presente em sinal de agradecimento pela sua ida até a instituição

Mylton recebe presente em sinal de agradecimento pela sua ida até a instituição

Anúncios

Palestra – Jornalismo e o Mundo contemporâneo

Por TamaraGonçalves e Mayra Bondanças

Na última segunda-feira, 20, foi realizada no auditório da FAAT – FACULDADES ATIBAIA, no Campus Dom Pedro, a palestra sobre Jornalismo e o Mundo Contemporâneo, ministrada pelo jornalista Haisem Abdul Baki  – ESPN / Estadão. Com um auditório repleto de alunos atentos, a palestra iniciou-se pontualmente as 19h30, com duração de em média, duas horas.

O jornalista contou suas experiências profissionais e até mesmo pessoais, enfatizando como chegou até o mundo dos jornalistas e o que fez com que ele quisesse tanto ficar nessa área.

Respondeu perguntas dos alunos escolhidos para um “bate-papo” bem descontraído e em seguida, às da plateia.

Entre as perguntas feitas ao jornalista, estava a de qual foi seu primeiro emprego, inicialmente, o aluno queria saber sobre o primeiro emprego na área de jornalista, mas  Haisem Abdul Baki  ressaltou seu primeiro emprego envolvendo comunicação, que foi o de Office Boy.

“O primeiro emprego mesmo foi o de office boy. Por mais que possamos dizer que não tem nada a ver com comunicação, para mim teve. Eu era muito tímido, ser office boy me obrigava a conversar com várias pessoas.”

Questionado sobre a possível extinção do rádio, ele alerta:

“Comecei a trabalhar com rádio em setembro de 1986. Hoje eu creio que temos mais equipamentos.Desde sempre falam que o rádio vai acabar, quando surgiu a televisão o boato era o mesmo e ainda não acabou. É óbvio que a época de ouro do rádio já passou, mas ele não acabou. Se renova a cada instante.”

Além das inúmeras experiências, uma das que entrara em evidência na palestra, foram as questões referentes à sua indicação ao Prêmio Comunique-se 2012.

  “O prêmio me gerou um problema danado, porque disseram que eu não queria ganhar o prêmio, que criticava. Eu só disse que não iria fazer campanha para as pessoas votarem em mim.”

E para quem acha que  Abdul Bak realizou todos seus desejos jornalísticos, ele ressalta que ainda falta uma vontade.

“Eu gostaria de cobrir a Olimpíada ou a Copa do Mundo. Sempre quis ser jornalista esportivo”

Completa dizendo que apesar desse antigo desejo, hoje não tem mais vontade de ser jornalista esportivo e está satisfeito com sua posição atual.

Além disso, o jornalista falou sobre seu programa de rádio, mais histórias da carreira e incentivou com sua experiência os alunos presentes.

Confira algumas fotos da palestra: